Entendendo Ronaldo Fraga

janeiro 20, 2010

Moda não é apenas roupas. É personalidade, história, passado, futuro, pesquisa, estudo, “é o cérebro por fora” como disse Maurício Azevedo. É informação variada, traduzida em tecidos, texturas, cortes e silhuetas. Para quem quer escrever sobre ela, a leitura de textos como esse, esse e esse é importantíssima, pois desafia a aprender e entender o que está por trás da moda vista para no final escrever bem de verdade (do ponto de vista da crítica).

Enfim. Hoje pela manhã fui ver fotos da SPFW. Deixei Ellus, um dos meus favoritos, pra depois, e pulei para Reinaldo Lourenço, Alexandre Herchcovitch e Ronaldo Fraga. Gostei dos 2 primeiros – mas foi Ronaldo Fraga quem mais chamou a atenção, pela coleção aparentemente sem pé nem cabeça – ou melhor, de virar a cabeça: rostos eram cobertos com cabelo e mascáras estavam atrás. Hã? Mas, istigada por Vitor Angelo, Sylvain e as Oficinas, fui buscar aprender para tentar compreender a passarela de Ronaldo.

Sua inspiração foi Pina Bausch, coreógrafa e bailarina alemã de dança moderna. Suas coreografias, eu descobri, tratavam de sentimentos, indo desde a comunicação entre os sexos até a busca pelo amor — tudo com muita expressividade corporal. E aí, depois de aprender sobre ela, comecei a entender a ele; ficou mais claro de onde saíram os vários cravos presentes na coleção, as cadeiras que estavam por todo o lado, o porquê do choque feminino/masculino na combinação de vestidos com ternos e coletes e calças e sapatos masculinos.

Em meio a tantos elementos sensitivos, Ronaldo não deixou de ser atual, com peças brilhosas, volumes nos ombros, laços, transparências ocasionais, cores fortes, o encontro de peças dela com as dele, e silhuetas amplas. Achei o desfile interessante. E interessante também foi ver que meu olhar final sobre a “esquisitice” do desfile diferia com o anterior (o olhar do não-entendimento). Só depois de pesquisar as referências compreendi o que vi na passarela; mais ou menos como os modelos, que andaram para frente olhando para trás…

Recomendo o exercício a todo mundo que quer ter um melhor olhar sobre a moda. Afinal, ela fica muito mais interessante quando a entendemos, não?

About these ads

18 Respostas to “Entendendo Ronaldo Fraga”

  1. Com certeza fica muito mais interessante! Tinha visto algumas fotos do desfile dele e também não tinha compreendido. Fiquei com cara de “hã?”.
    Parabéns pelo post!

    Beijos!

  2. Parabéns pelo post, muuito interessante…
    As pessoas não param para tentar entender o que há por trás dos desfiles, dos conceitos, do que o estilista quer passar através das roupas, cabelos, make, etc. E Ronaldo Fraga quis emocionar, e conseguiu…O desfile nos faz pensar em várias coisas mesmo.

    Beeijos

  3. Ju Rezende said

    Bebel, amei o comentário! =) Muito obrigada! John Mayer é meu amor platonico tb, ai ai s2 hahaha!
    Então, são 5 longos anos menina, to no urrtimo! E espero que até o final da faculdade pelo menos passe a fazer idéia do que vai ser! rs
    Mas quer saber? Aprendi que não vale a pena SÓ fazer planos, pq quanto mais a gente planeja…entãão, vamos vivendo e descobrindo! haha =)))
    beijos querida!

  4. Aaaai amei o post. Amo quanto vejo blogs de moda que fazem reflexões.

  5. Muito bom o post! Concordo plenamente contigo. Não sabia qual havia sido a inspiração do Ronaldo. Ele é sempre tão criativo… Gosto muito de suas criações, mas sou suspeita para falar… Afinal, tenho o maior orgulho dos estilistas de Minas, pois sou de lá! rs
    Beijos

  6. Em resposta ao teu comentário, rs:
    Sério?? Fico feliz em saber isso!
    Eu adorei a coleção… Tanto que fiz questão de comentar no blog a respeito!!
    Sou mineira sim! Nasci em Belo Horizonte. Mas atualmente moro em Brasília.
    Beijos Bebel

  7. Bel Sant Anna said

    ADOREI O QUE VC ESCREVEU É QUASE UMA IDEIA GERAL DE TODO MUNDO QUE ESTÁ COMEÇANDO, ENTENDER DESFILES CONCEITUAIS. EU TB GOSTO MUITO QUANDO DESCUBRO O PORQUÊ DAQUILO OU OUTRO NUM DESFILE. AMEI!

  8. Ai,mais uma vez,post explicativo e claro pra leigas como eu!Leigas como eu que gostam e escrevem vez ou outra sobre moda..haha!Super concordo que vocÊ se informar e ler ler e ler é meio caminho andado pra entender o que vem naquela coleção mesmo!Feliz que já tinha lido o texto das Oficinas e do Vitor Angelo antes pelo menos!
    Xu,vocÊ arrasa!haha beijoo

  9. levei um susto quando a página carregou! HAHA
    antes, quando era leiga TOTAL no assunto, via qqr desfile e fica toda “QUEM VAI USAR ISSO NA RUA?!?!” AHAHAHAHAA

    mas agora acho mto legal entender as idéia dos estilistas, do cenário(qndo tem) e que moda não é futilidade, como muitoa ainda veem ;/
    É.. Diabo Veste Prada abriu meus olhos! ;D

    beeijo ;*

  10. [...] pra quem quiser saber mais,tem post ótimo da Bebel no Fashion Affair e das Oficinas também! [...]

  11. Achei o máximo essa inspiração na Pina Bausch. Ela foi maravilhosa, super admiro seu trabalho.

  12. Paradis said

    Ótimo post, Bebel!!

  13. Mo said

    Amei o post pq também tinha achado o desfile interessante, mas não fazia idéia das inspirações e tals! Muito legal!
    bjus

  14. Vanessa said

    Realemnte, para quem não sabe do que se trata a inspiração para uma coleção, pode ficar completamente perdido e achar que é tudo um bando de nada…mas com a explicação a coisa é outra!

    Bjosss!

  15. Eu como estudante de moda, as vêzes sofro um pouco com isso. Nosso país ainda não esta acostumado a decifrar, entender, saber que por de trás de um desfile, existe todo um estudo, toda uma história, e que é preciso decodificar tudo apresentado na passarela.

    Posso dizer que tenho sorte, os leitores do meu blog, me elogiam por sempre contar toda a história a fundo, explicar de uma maneira fácil.
    Ano passado me surpreendi com a quantidade de pessoas que realmente entenderam a essência de um editorial que eu fiz… ( http://www.talitaribeiro.com.br/search/label/Editorial%20de%20moda%20por%20Talita%20Ribeiro )

    depois dá uma olhada.

    Beijocas xuxu!

  16. Frozi said

    Ronaldo Fraga sempre intriga a gente com temas “densos”, e não tem como ver um desfile dele sem pesquisar sobre esses temas, né?
    A coleção tá linda, bem a cara dele, e a passarela também estava. Adorei o jeito que os modelos desfilavam, era como uma coreografia mesmo.

    Beijos! :*

  17. Kaká Marinho said

    Ahazou no post, gata!
    Adorei…
    Seria interessante se todo mundo agisse como vc, PESQUISASSE para melhor entender e conhecer a moda… assim, o fashion world não seria taxado de fútil :)
    =*

  18. Ei Bel, é tão raro um texto bem escrito, quanto mais generoso e lucido com este post seu.Estarei sempre a espera de suas opinioes a partir de hoje!!
    bj.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: