Volta, inverno?

novembro 27, 2009

Só pra gente poder usar meia-calça com textura, listrada, estampada, rendada…

Anúncios

Transmissão de pensamento

novembro 24, 2009

Ultimamente tem havido uma intensa transmissão de pensamento fashion, levando a gente a pensar mais ainda sobre os blogs, como blogar melhor, o papel dos blogs na moda, a moda em si… já repararam? Depois de tantos posts legais em bom português, vemos que esse pensamento é “universal” ao ler posts como esse ótimo da Blackbook Mag, ou esse de David Barrie — este último indicado por Jane Aldridge, dona do Sea of Shoes, em seu twitter.

David, em seu interessantíssimo post, cita Charles Leadbeater e Paul Miller e sua “Pro-Am Revolution”. Basicamente, a ideia de 2004 diz que amadores são o futuro. “Amadores trabalharão de modo profissional, serão ‘sabidos’, educados, dedicados e conectados pela nova tecnologia,” cita ele. O nome do post, algo como “inovação amadora vai além do tamanho PP”, até lembra Ale Garattoni falando que it girls vêm cada vez mais se destacando e dominando o mundo antes reservado ao núcleo de modelos, não?

David emenda ainda que é possível ver pessoas amadoras fazendo mais do que inovação cultural. Dando exemplos como Jane do Sea of Shoes, Scott Schuman e Rumi do Fashion Toast pra mostrar “amadores” que cresceram tanto que passaram a ditar moda também — Rumi, inclusive, virou inspiração pro alto verão da Triya aqui no Brasil, sabiam? E esses são só alguns exemplos de lá, porque aqui nas bandas de cá isso já acontece.

Interessante saber que já tinha gente apostando na gente e no nosso potencial (e amor!) muito antes de sabermos, não? Os blogueiros de moda, fashionistas natos ou amadores entusiastas, estão conectados por uma paixão em comum — e foi essa paixão que desafiou, quebrou barreiras e conquistou seu espaço na mídia e no mundo. Não foi a à toa que Garance, Tommy e Scott ganharam laptops e lugares na fila A (antes coisa de Suzy Menkes) para fazer updates em seus blogs, in real time, dos desfiles em Milão.

Resumindo, os amadores deixaram de apenas admirar a moda e passaram a fazê-la, inspirá-la, inová-la. It girls, blogueiros e fotógrafos viraram modelos, inspiração, criadores, formadores de opinião. Quer saber se uma tendência pegou? Vá às ruas, leia blogs! Acho que essa conscientização de que temos um importante valor para a indústria da moda só nos fará crescer ainda mais. Por isso, blogueiros, vamos difundir informação boa e conteúdo criativo, e fazer crescer mais a mídia (e provar que somos mídia também!) ao mostrar lados diferentes da mesma moda. Assim vamos ampliar nossa visão, gosto e opinião; vamos aprender e ensinar. Consequentemente, só vai melhorar a moda que os criadores fazem — a mesma sobre a qual nós escrevemos e usamos. Ponto pra todo mundo, vocês não acham?